Centro Histórico de São Luis (MA): Seis igrejas e uma caminhada 2


 

Casarões da Universidade Federal do Maranhão. No da direita funciona um curso de línguas

Casarões da UFMA, na Praça Gonçalves Dias

Meu amigo Aloysio Seidel fez uma caminhada pelo Centro Histórico de São Luis (MA), registrou tudo com fotos e filmes e me cedeu todo o material, de forma exclusiva, para publicação nesse blog de dicas de viagem.

A mim, então, só restou o agradável trabalho de compilar o material trazido por ele, obter algumas informações adicionais com meu outro amigo, José Fortes, que mora em São Luis, incluir algumas informações que eu pesquisei e outras que obtive em minhas visitas à cidade e compartilhar o resultado nesse artigo.

O Centro Histórico de São Luís do Maranhão

Uma caminhada pelas ruas do Centro Histórico de São Luis é uma atração imperdível, por menor que seja o tempo de estadia na capital. Essas ruas, muitas delas estreitas e de pavimentação original, nos leva a conhecer um pouco da história secular da ilha através de seus solares, sobrados, praças, monumentos, igrejas, conventos, capelas, fontes e edificações com fachadas revestidas em azulejos portugueses construídas nos períodos colonial e imperial.

Suas milhares de edificações, algumas nem tão bem preservadas mas todas elas de grande valor histórico e arquitetônico, fez com que o Centro Histórico fosse tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1974 e reconhecida como Patrimônio Cultural Mundial pela Unesco, em 1997.

Curiosamente, embora o patrimônio arquitetural preservado seja de origem portuguesa, a cidade foi fundada por colonizadores franceses e seu nome foi dado em homenagem a Luis XIII, que foi o rei da França e Navarra de 1610 a 1643.

Destacam-se, nesse incrível conjunto arquitetônico, as igrejas, as quais foram o assunto de interesse do passeio a pé do meu amigo Aloysio. Ele fez uma caminhada com o objetivo de visitar cinco igrejas, mas acabou conhecendo mais uma e, no caminho, passou por algumas outras construções e locais interessantes dos quais dois são apresentadas no final desse artigo.

O percurso a pé

Do Hotel Bristol Express, onde estava hospedado, até a última igreja visitada, Aloysio caminhou 1 hora e 13 minutos e percorreu 7,3 km. Como ele fez todo o percurso à pé, na primeira metade do percurso foi necessário percorrer os 3,3 km entre o hotel e a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, a primeira das seis igrejas do passeio, localizada no Centro Histórico de São Luis. É um percurso é bem fácil:  basta seguir 1,5 km rumo sudoeste pela Av. Colares Moreira até a rotatória do encontro com a Avenida Castelo Branco e, a partir daí, prosseguir rumo sul pela Avenida Castelo Branco, a qual termina logo depois de atravessar a Ponte José Sarney. São necessários cerca de 40 minutos para fazer essa primeira parte do percurso, mas só para quem iniciar a caminhada a partir desse hotel específico. Por isso não inclui esse trecho no cálculo da distância percorrida no roteiro.

Retirando então os 3,3 km do trecho inicial, sobram 4,0 km dos quais 2,2 km foram usados para a rota que passa pelas seis igrejas, percorrendo o caminho mais curto possível e os demais 1,8 km foram gastos pelo Aloysio circulando pelo interior ou pelos arredores das igrejas e outras atrações próximas, de modo a fazer o caminho mais interessante ao invés do mais curto.

O mapa do percurso partindo da primeira até a sexta igreja se encontra abaixo para referência. Esse roteiro percorre o caminho mais curto entre as igrejas e totaliza 2,2 km que podem ser percorridos em 30 minutos, sem paradas. Ocorre que é irresistível as paradas para apreciar os detalhes das construções encontradas pelo caminho e tirar fotos, principalmente das igrejas, nem que seja somente da parte externa. Dessa forma, a duração total da caminhada dependerá do interesse do visitante, mas recomendo reservar pelo menos duas horas para esse passeio.

Recomendo fazer o passeio de manhã ou no final da tarde, quando o sol está menos agressivo e usar calçados e roupas leves e confortáveis. Uma garrafa de água mineral e protetor solar são também bastante recomendados.

Se o horário escolhido para o passeio for o final da tarde, não deixe de assistir o pôr-do-sol na Praça Gonçalves Dias. Dicas, informações e detalhes sobre essa atividade podem ser encontradas nesse artigo, no texto sobre a sexta igreja do percurso, que é a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios.


As igrejas do percurso

O percurso sugerido tem 2,2 km passando por seis igrejas, começando pela Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e indo até a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios.

Abaixo você encontra uma lista das igrejas, na ordem em que foram visitadas, contendo, para cada igreja

  • o registro da quilometragem do percurso até aquele ponto, que aparece alinhado á direita, abaixo de cada título
  • uma descrição sumária contendo a história, fatos curiosos e as principais características
  • o endereço e, quando disponível, o telefone de contato

1- Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Igreja N S do Rosário dos Pretos

Igreja N S do Rosário dos Pretos – São Luis – MA

O culto dos escravos à Nossa Senhores do Rosário foi introduzido pelos jesuítas no século XVII para legitimar a religião católica entre os africanos, considerados pagãos. No século XIX, as Irmandades do Rosário, em sua maioria eram formadas por negros que em seus cultos, separados dos brancos, tinham maior liberdade  para promover a alforria dos irmãos escravos e garantir a sepultura em solo sagrado.

Essa igreja começou a ser construída em 1612, ano da fundação da capital. Os confrades da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário, tendo à frente o negro João Luís da Fonseca, levaram cerca de 60 anos para construí-la e a mesma foi vistoriada em 1772 e benzida em 1776, ocasião em que também recebeu a imagem Virgem do Rosário, trazida da Igreja do Carmo.

Vista interna da Igreja de Nossa Senhora do Rosários dos Pretos

Vista interna da Igreja de N. S. do Rosários dos Pretos

De arquitetura muito simples, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos foi a primeira a ser erguida na região.

A Irmandade de São Benedito é a responsável por zelar e manter a integridade da memória histórica da Igreja e realiza, com grande devoção, a festa de São Benedito todos os anos no mês de agosto.

Endereço: Rua do Egito, esquina com a Rua Santo Antônio – Centro Histórico – São Luís – MA, Telefone: (98) 98705-2612

2 – Igreja de Nossa Senhora da Vitória (Sé)

  • Catedral de São Luis, MA, Brasil
    Parte externa frontal

A Catedral de Nossa Senhora da Vitória, também conhecida como Catedral Metropolitana de São Luís do Maranhão e Igreja da Sé, é a sede da arquidiocese do mesmo nome e é considerado um dos monumentos históricos mais antigos e importantes da cidade. O seu nome foi dado em homenagem a Nossa Senhora, protetora dos portugueses na Batalha de Guaxenduba, que foi um confronto militar importante para acelerar a expulsão definitiva dos franceses do Maranhão.

A primeira edificação nesse local foi iniciada em 1619 pelo 3º Capitão-Mor Diogo Machado da Costa que, no final do seu mandato, em 1622, a inaugurou.

Durante sua longa existência, essa Igreja sofreu várias reformas, demolições e reconstruções. Em 1922, com a construção da segunda torre, a Igreja da Sé ganhou o estilo neoclássico que apresenta até hoje. As últimas obras de restauração foram patrocinadas pelo Governo Federal e foi concluída em 1996, recuperando o esplendor do ouro primitivo encoberto por pintura azul e branca.

A pintura do forro da capela-mor, de 1954, é de autoria de João de Deus e o retábulo do altar-mór, do final do século XVIIII, todo revestido em ouro, é um dos destaques dessa igreja e foi tombado pelo IPHAN em 1954.

No prédio anexo funciona a Arquidiocese de São Luís e o largo em frente é a Praça Benedito Leite, que faz parte do conjunto arquitetônico e paisagístico de São Luis (MA), tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1974. Essa praça foi inaugurada, com o atual nome, no dia 6 de março de 1911, data do aniversário de falecimento de Benedito Pereira Leite, que foi governador do Estado do Maranhão de 1906 a 1908. No local há uma estátua em bronze do ex-governador esculpida pelo francês François Émile Décorchemont que, curiosamente, não era especialista em esculturas em bronze e sim na construção de vitrais.

 

Vale a pena visitar o interior dessa igreja, que fica aberta de terça a sexta, das 8h às 19h, sábados das 8h às 12h e das 15h às 22h e aos domingos das 8h às 12h e das 16h às 21h.

Clique na imagem ao lado para assistir o vídeo do interior da Igreja de Nossa Senhora da Vitória, Catedral de São Luis, com detalhes tais como a pia batismal, o altar, a imagem da santa, que fica à direita de quem entra e a maravilhosa pintura do teto. Esse vídeo pode ser acessado também diretamente da página desse blog de dicas de viagem no vimeo .

Para assistir o vídeo em tela cheia, clique primeiro no ícone que aparece no canto inferior direito da imagem ao lado.

Endereço: Av. Pedro II, s/n, quadra 06, Centro Histórico – São Luís – MA, Telefone: (98) 3222-7380

3- Igreja do Carmo

No século 17, a Igreja do Carmo serviu de fortaleza para combatentes que lutaram contra a invasão holandesa à cidade de São Luis. As paredes e a porta de entrada são originais de sua construção em 1627, mas os azulejos que decoram as paredes datam de 1866.

O antigo convento, anexo á igreja, serve de residência para freis capuchinhos e abriga um museu que contém peças de arte sacra, um antigo confessionário e máquinas de pedra que serviam para a produção de hóstias. O museu tem entrada grátis e que abre de segunda a sexta de 14h às 17h.

Clique na imagem ao lado para assistir o vídeo com a vista externa da fachada da Igreja do Carmo e as construções antigas em frente, algumas depreciadas e outras em bom estado de conservação. Esse vídeo pode ser acessado também diretamente da página desse blog de dicas de viagem no vimeo .

Para assistir o vídeo em tela cheia, clique primeiro no ícone que aparece no canto inferior direito da imagem ao lado.

Endereço: Praça João Lisboa, 350, Centro Histórico – São Luís – MA

4- Igreja de São João Batista

Igreja São João Batista

A quarta igreja da rota do Aloysio foi construída em 1665 pelo então Governador Ruy Vaz Siqueira que, apaixonado por uma mulher casada e temendo se ver como protagonista de um escândalo, prometeu a São João Batista, padroeiro dos injustiçados por causa da fé, que se o seu romance nunca fosse descoberto mandaria construir esta igreja. Deduz-se, então, que este romance permaneceu em segredo, dando à cidade este belo exemplar da arquitetura neoclássica.

Nessa igreja repousaram por muitos anos os restos mortais do traidor da Inconfidência Mineira,Joaquim Silvério dos Reis, que fez a denúncia para obter perdão de suas dívidas com a Coroa.

Em frente à Igreja de São João Batista encontra-se o prédio da antiga Faculdade de Odontologia de São Luis.

Clique na imagem ao lado para assistir o vídeo com a vista externa da fachada da Igreja de São João Batista e as construções e ruas ao redor, com destaque para o antigo prédio da Faculdade de Farmácia e Odontologia de São Luis, com sua fachada belíssima e mal conservada, mas aparentemente em reforma em 2016, quando foi feito o filme. Esse vídeo pode ser acessado também diretamente da página desse blog de dicas de viagem no vimeo .

Para assistir o vídeo em tela cheia, clique primeiro no ícone que aparece no canto inferior direito da imagem ao lado.

 

Endereço: R. da Paz, S/N – Centro Histórico – São Luís – MA,

5- Igreja de Santo Antônio

Vista frontal da Igreja de Santo Antônio

Vista frontal da Igreja de Santo Antônio

A primeira construção que se ergueu no local foi o Convento de Santo Antônio, inaugurado em 1625 pelo frei franciscano Cristóvão de Lisboa. Somente mais de duzentos anos depois, em 1867, é que a igreja foi inaugurada em uma grande comemoração com procissão e salva dos canhões do Baluarte.

Os festejos de Santo Antônio ocorrem anualmente do dia 1º ao dia dia 13 de Junho, com atividades religiosas e manifestações culturais dentro e fora da igreja.

Em outubro de 1991, sua Santidade, o papa João Paulo II, em visita ao Brasil, se hospedou no convento anexo a essa igreja em sua passagem por São Luis.

A igreja situa-se em frente ao antigo Largo de Santo Antônio, que passou a chamar-se Praça Antônio Lobo, através da Resolução da Câmara Municipal de 10 de Abril de 1917, em homenagem a Antônio Francisco Leal Lobo, grande escritor maranhense que viveu de 1870 a 1916.

Essa igreja tem uma página da Igreja de Santo Antônio no facebook, onde são divulgadas fotos e a programação de atividades da paróquia.

Endereço: R. Santo Antônio, S/N – Centro, São Luís – MA, telefone: (98) 3231-2775

6- Igreja de Nossa Senhora dos Remédios

A Igreja de Nossa Senhora dos Remédios foi construída em 1719 e compõe o conjunto urbano da Praça Gonçalves Dias, onde eram realizadas festas durante o mês de outubro, que o deixaram famoso, a ponto de render citações em livros como O Mulato, romance de Aluísio Azevedo publicada em 1881 marcando o começo do naturalismo na literatura brasileira. Hoje, a igreja está entre os pontos turísticos mais interessantes de São Luís devido à sua localização privilegiada, de frente para a Beira-mar e por ser a única com elementos da arquitetura gótica na cidade.

As fotos acima mostram diversos ângulos do Largo dos Remédios, também conhecido como Praça dos Namorados, Largo dos Amores e mais recentemente denominado Praça Gonçalves Dias em homenagem a um dos maiores poetas do Estado do Maranhão, assim como o monumento com uma estátua sua erguida no local. Na primeira foto se destaca, ao fundo, a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios. A segunda foto mostra somente a praça. A terceira foto mostra ao fundo a Ponte José Sarney.

Na Praça, há muitas palmeiras e um coreto, onde são realizadas apresentações artísticas nos dias de festejo da Igreja dos Remédios.

Outro fato interessante ainda sobre a Praça Gonçalves Dias é que de lá é possível ter uma bela vista ao pôr-do-sol na baía de São Marcos. Se esse programa lhe interessa, é bom mesmo deixar a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios por último no roteiro, especialmente se ele for feito no final do dia, pois assim você terá terá chances de apreciar e conferir se o pôr-do-sol visto de lá merece mesmo toda essa fama!

Se for fazer o programa de assistir o pôr-do-sol da Praça Gonçalves Dias digite “por do sol em São Luis MA”  na janela de pesquisa do Google e esteja atento para o horário do por do sol no dia de seu passeio pois o sol não esperará você chegar para se por. 🙂

Originalmente, Aloysio havia planejado visitar cinco igrejas em seu passeio, mas sentindo-se ainda disposto e motivado pelas características peculiares dessa igreja, a mesma foi incluída no roteiro ao final do passeio, o que levou Aloysio a fazer o seguinte comentário, muito espirituoso, que ficou gravado no filme abaixo:

Visite cinco igrejas e ganhe a sexta grátis!

 

Clique na imagem ao lado para assistir o vídeo mostrando o conjunto arquitetônico integrado constituído da Ponte José Sarney, a Praça Gonçalves dias e a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios. Esse vídeo pode ser acessado também diretamente da página desse blog de dicas de viagem no vimeo .

Para assistir o vídeo em tela cheia, clique primeiro no ícone que aparece no canto inferior direito da imagem ao lado.

Endereço:  Praça Gonçalves Dias, s/n – Centro, São Luís – MA, 65020-240, Telefone: (98) 3221-6584

Outras obras arquitetônicas do percurso

Durante o passeio a pé pelas igrejas é inevitável observar os vários casarios e construções que abrigavam faculdades, escolas, bibliotecas e estabelecimentos comerciais. A principal característica arquitetônica dessas edificações é a sua adaptação do estilo colonial português ao clima local, quente e úmido. Entre as soluções, nota-se o uso de azulejos na impermeabilização das fachadas de taipa. As plantas são em “L” ou em “U”, com grandes telhados e venezianas.

Abaixo uma coletânea de fatos e fotos de algumas edificações de destaque fotografas pelo Aloysio em sua caminhada.

Casarões, solares e sobrados da Rua do Egito

Há várias edificações de destaque localizadas na subida da Rua do Egito, que liga a Ponte de São Francisco (Ponte José Sarney) à praça João Lisboa e ao centro antigo de São Luis. À esquerda da terceira foto ao lado nota-se o muro do tradicional Colégio Santa Teresa. Esse trecho da Rua do Egito é bem próximo da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, que é a primeira igreja visitada no roteiro, inclusive a foto do meio, da esquerda, mostra um sobrado em frente à em frente à essa Igreja, sendo que, ao ado dele é possível o prédio onde funcionou, por muitos anos, a Assembléia Legislativa do Maranhão em um prédio descaracterizado dos demais.

Antiga Estação da RFFSA

Depois de visitar a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, que é a última igreja do roteiro, seguindo-se a pé pela Avenida Beira Mar, beirando o Rio Anil, em direção à Ponte José Sarney, logo depois do cruzamento com a Rua Jansen Müller, depara-se com um belo exemplo de obra arquitetônica do início do século XX. Trata-se da antiga estação final da Rede Ferroviária Federal S.A. (RFFSA). Um prédio de três andares, conhecido, na época, como Estação João Pessoa, inaugurada em 1929 e que depois de 2007, com a extinção da RFFSA, abrigou vários órgãos da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), entre eles várias delegacias de polícia. O prédio fica próximo à Praça Maria Aragão, que era onde ficava a pera ferroviária usada para retorno dos trens depois de deixar os passageiros na estação. Hoje a pera foi transformado numa bela praça com locais projetados por Oscar Niemeyer.

Desde 2013 há planos de revitalizar a antiga estação para que a mesma possa abrigar restaurante panorâmico, galerias de arte, cafés e lojas caracterizando assim um complexo cultural e turístico. Na época do passeio que originou essas fotos esse prédio ainda estava abandonado, mas mesmo assim se destacou imponente na Praça Gonçalves Dias, ao ponto de merecer uma foto para esse artigo.

Próximo ao prédio da antiga estação há uma Maria Fumaça que era usada na ferrovia. A foto tirada em 2016, durante a visita do Aloysio mostra que essa preciosidade do século passado está bastante depreciada, merecendo muitos cuidados de reforma e conservação.

Vai para São Luis?

Se você está com plano de viajar para São Luis do Maranhão, talvez lhe interesse os serviços de alguns dos nossos parceiros.

Hospedagem em São Luis

 



Booking.com

Você pode escolher o hotel ou pousada e fazer sua reserva na booking.com, uma empresa que tem mais de 20 anos de mercado, com dezenas de opções de hospedagem em São Luis do Maranhão e que garante os melhores preços para qualquer tipo de hospedagem, desde pousadas a hotéis luxuosos. Caso você decida realizar sua compra a partir dos links dessa página, você estará contribuindo para a manutenção desse blog de dicas de viagem.

Aluguel de carro em São Luis

Embora o passeio sugerido nesse artigo seja a pé você pode alugar um carro para se deslocar pelos quatro cantos da cidade, passando pelas praias do Calhau, Olho d‘Água e Araçagi ou passear pelas margens da Lagoa da Jansen, no parque ecológico que vai da praia da Ponta d’Areia até o Bairro São Francisco. Se for alugar um carro em São Luis, sugiro fazer uma cotação com a rentcars.com®, que é o principal site de comparação de preços e locação de veículos da América Latina, pois eles oferecem um serviço de comparação de preços de várias locadoras, de modo que você não precisa entrar no site de cada uma e anotar o preço e a cobertura de cada uma para poder comparar no final.

As principais diferenciais da rentcars.com são:

  • Eles garantem sempre o menor preço e parcelam o pagamento em 12 vezes;
  • Desconto adicional para pagamento com boleto bancário;
  • Por serem líder de mercado, eles tem acesso a pacotes exclusivos;

Previsão do tempo para São Luis

Trovoada
Hoje
21/09/2017 80%
Trovoada
Trovoadas. Máxima de 32°C. Ventos ENE a 15 a 25 km/h. Possib. de chuva 80%.
Parcialmente Nublado
Amanhã
22/09/2017 10%
Parcialmente Nublado
Parcialmente nublado. Máxima de 33°C. Ventos ENE a 15 a 25 km/h.
Parcialmente Nublado
Sábado
23/09/2017 20%
Parcialmente Nublado
Parcialmente nublado. Máxima de 33°C. Ventos ENE a 15 a 25 km/h.
Possibilidade de Chuva
Domingo
24/09/2017 40%
Possibilidade de Chuva
Aguaceiros matinais. Máxima de 33°C. Ventos NE a 10 a 15 km/h. Possib. de chuva 40%.
Possibilidade de Trovoada
Segunda-feira
25/09/2017 80%
Possibilidade de Trovoada
Trovoadas matinais. Máxima de 33°C. Ventos NE a 10 a 15 km/h. Possib. de chuva 80%.
Possibilidade de Chuva
Terça-feira
26/09/2017 30%
Possibilidade de Chuva
Aguaceiros matinais. Máxima de 34°C. Ventos ENE a 15 a 25 km/h. Possib. de chuva 30%.
Céu Limpo
Quarta-feira
27/09/2017 20%
Céu Limpo
Essencialmente limpo. Máxima de 34°C. Ventos ENE a 15 a 25 km/h.

Horários de missas em São Luis

Se você for católico, talvez lhe interesse, além de visitar as igrajas por dentro e por fora, também assistir uma missa durante o roteiro. para tanto consulte a tabela de horários de missa nas igrejas do centro em são Luis no site horariodemissa.com.br.


Crédito das mídias: As fotos da fachada e do quarto do Hotel Bristol Express são da Rede Bristol e elas foram publicadas nesse blog com autorizção por escrito enviado em 29/03/16. Todas as demais fotos e filmes utilizados nesse artigo foram produzidas por Aloysio Seidel© e cedidas para publicação exclusiva nesse blog através de autorização por escrito enviada pelo autor em 5/3/2016. É proibida a cópia, reprodução ou utilização de qualquer parte do conteúdo desse artigo sem a autorização prévia do autor desse blog.
Fontes:

. Biblioteca particular do Mestre José Fortes.
. São Luis: Página sobre a cidade no site do IPHAN
. Catedral de São Luis do Maranhão: Igreja Retábulo da Igreja Nossa Senhora da Vitória (São Luís, MA) no site do IPHAN
. Artigo sobre Igreja da Sé, São Luis, MA, de Virgília Barbosa no site de Pesquisa Escolar da Biblioteca Central Blanche Knopf
. Wikipedia – Convento e Igreja de Santo Antônio, capturado em 27/3/2016.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado

2 thoughts on “Centro Histórico de São Luis (MA): Seis igrejas e uma caminhada

  • José Orlando de Oliveira Fortes

    Parabéns ao amigo Jodelson pela iniciativa e ao também amigo Aloysio pelo belo material coletado. Como maranhense fico orgulhoso em ver minha cidade sendo divulgada, principalmente por pessoas que tiveram tão poucas oportunidades de conhecê-la.
    Um “beijo no coração” aos dois.